Mensageiras do Rei [2]

Tenho estado muito saudosista ultimamente. Acho que a proximidade do Casamento, a minha saída da liderança dos jovens, a proximidade da mudança de Igreja… tudo isso está fazendo com que eu me lembre de alguns fatos e algumas fases da minha vida. Essa semana, mais uma vez, lembrei dos meus tempos de Mensageira do Rei.

Outro dia estava lembrando do Hino das Mensageiras do Rei. Você já entoou “Contaremos a História”? Repare bem na letra desse hino. É liiinda!

CONTAREMOS A HISTÓRIA

Às nações contaremos a história,
Que é capaz de livrá-las do mal;
Revela a verdade e a vida
E dá uma paz real,
E dá uma paz real.

Raiará novo dia de glória,
Quando Cristo Jesus retornar,
E as nações pelo mundo inteiro
Diante dEle vão se curvar.

Às nações cantaremos um hino,
Pra atrair corações ao Senhor;
Dissipa a tristeza e a mágoa,
Difunde no mundo amor,
Difunde no mundo amor.

Às nações mostraremos o Cristo,
Pois só Ele conduz para os céus;
Que assim por Jesus todos venham
Humildes servir a Deus,
Humildes servir a Deus.

Às nações pregaremos a Nova,
Que Jesus outra vez há de vir;
E salva por fé todo aquele
Que sua palavra ouvir,
Que sua palavra ouvir.

Era muito gostoso cantar esse hino em nossas reuniões. Ele fala exatamente sobre o dever de cada Mensageira do Rei aqui na terra. Devemos contar a história de Cristo a todos que conhecemos e desconhecemos! Devemos cantar o hino e atrair corações ao Senhor, mostrar Cristo, pregar a Nova!

Agora que você conhece a letra da canção, não deixe de fazer sua parte. Tenho tentado fazer a minha. Porque, afinal,

“uma vez MR, sempre MR!”

Compromisso

Há 2 meses Leandro me levou para jantar em um lugar lindo e romântico e pediu para casar comigo. Eu, que não sou boba nem nada, aceitei. Desde então, uso uma belíssima aliança de ouro na mão direita, sinal do meu compromisso com ele. Mas este post não é para ficar me gabando por estar noiva do melhor partido do mundo. Nada disso! Este texto é para falar sobre compromisso.

 

Desde o dia 17 de fevereiro de 2011 sou oficialmente a noiva do Leandro. Pode ser em Mambucaba, Mangaratiba, Campo Grande, dentro ou fora do Rio de Janeiro, do Brasil… em qualquer lugar as pessoas vêem a aliança na minha mão direita e sabem que sou noiva de alguém, que tenho um compromisso formal e mais sério com algum rapaz. Não posso ser a noiva do Leandro só de vez em quando, só quando estivermos juntos em algum evento, só no meu trabalho, ou quando me interessar. A partir do dia em que aceitei o pedido de casamento feito por ele, sou sua noiva independente de qualquer coisa. O compromisso está no coração. A aliança, apesar de linda, só serve como uma lembrança para mim e como um aviso para os que me cercam.

 

ASSIM É NOSSA VIDA COM DEUS.  A partir do momento que você aceita a Jesus como seu único e suficiente Salvador pessoal, você assumiu publicamente um compromisso com o Senhor. Você passa a ser cristão em qualquer lugar que estiver! Não só na Igreja aos domingos nem quando as coisas apertarem. É sempre!

 

Você tem honrado seu compromisso com Deus? Como vai o relacionamento de vocês? Tem existido sinceridade, cumplicidade, afeto? Ou uma troca de interesses, distanciamento e esfriamento?

 

Lembre-se: em seu compromisso com Deus, você não usa aliança, mas Cristo pagou um alto preço para te ter ao lado Dele. Ele morreu na cruz por você. Isso não é muito mais caro do que qualquer aliança de ouro cravejada de brilhantes?

 

Pense no que você tem feito com seu compromisso com o Senhor. Nunca é tarde para renovar os votos de amor entre vocês. Faça isso agora mesmo!!

 

Que Deus te abençoe e fale melhor ao seu coração.