O Jogo da Baleia Azul

Cada dia que passa mais me assusto com as atrocidades que vejo na Internet. É pedófilo usando personagens infantis para atrair crianças; jogos que invocam espíritos; desafios dos mais variados… fora os nudes que volta e meia vazam por aí.

O mais recente é o tal da “Baleia Azul”. Há alguns dias tenho visto alertas sobre ele no Facebook e hoje o Google Crome me sugeriu uma matéria do G1 sobre o assunto [leia aqui]. Gente, que joguinho capirótico!! Fui lendo e pensando “não é possível que alguém cumpra esses 50 desafios. Que troço ridículo!”, mas o pior é que cumprem e ainda se orgulham disso. :’(

Já disse em outros posts por aqui que sou contra crianças manipularem sozinhas aparelhos eletrônicos e essa Baleia Azul só corrobora com a minha opinião.

Se você acha que seu filho não pode ficar offline, por fora das novidades internéticas, observe por onde sua cria passeia pela grande rede, observe seu comportamento, vigie o que ele faz online.

unnamed

Criança tem que brincar de ser criança

Achei esse post no blog da TecMundo: <http://m.tecmundo.com.br/celular/58445-criancas-nao-devem-ter-smartphones-tablets-12-anos.htm>. Vamos ver se com esse artigo as famílias se tocam!

Concordo que o post é exagerado e algumas das informações não têm base científica, mas a maior parte desse discurso é válido. Falo isso há um tempão e ninguém me ouve!!

 
Prof. Esp. Vanessa V. Imenes de O. Nogueira 
Pós Graduada em Educação Física Escolar 
CREF 030028-G/RJ