Vida de Adoração

O que seria uma vida de adoração? Quando se diz isso, as pessoas já imaginam um monte de gente dentro da Igreja todos os dias. Mas adorar a Deus é mais que isso. Beeeem mais.

Certa vez ouvi uma definição de adoração que achei maravilhosa: “adorar a Deus é fazê-Lo sorrir”. De vez em quando me pego pensando se tenho feito Deus sorrir com minhas atitudes. E não é só com atitudes dentro da Igreja ou no meio dos meus irmãos. É EM TODO O TEMPO.

Uma forma de adorar a Deus é dando bom testemunho no meio onde você vive, sabe? Desde as coisas mais simples (como devolver os centavos que vieram a mais no troco), às mais complexas (não levar aquela bike bonitona só porque ela está no bicicletário sem cadeado). Como cristãos, devemos sempre fazer as coisas certas -mesmo que mais ninguém as faça- e não fazer coisas erradas -mesmo que todo mundo faça.

Sim, é chatinho e não é fácil ser o certinho o tempo todo. Mas é a forma que Deus quer que vivamos nossas vidas: dando o exemplo.

Esses dias, conversando com Leandro, falamos sobre o comportamento de alguns alunos meus. Os adolescentes, de modo geral, não largam seus smartphones de jeito nenhum, nem durante as aulas. O professor está explicando o conteúdo e eles continuam com seus fones nos ouvidos prestando atenção em seus aparelhos. Se você é cristão e faz isso, além de falta de respeito com o profissional que está à sua frente, é mau exemplo para os ímpios que te cercam. Como cristãos, precisamos abrir mão de nossos smartphones não só durante os cultos mas também no decorrer das aulas no Colégio.

O bom testemunho é dado nos pequenos detalhes de nossa vida diária. O amigo não crente observa e percebe que VOCÊ age de forma diferente, até que ele percebe que essa diferença é a vida de adoração que você realmente vive.

Metaforicamente: você e o relacionamento com seu celular têm dado um bom testemunho de vida? O Senhor Jesus só está pedindo que você abra mão um pouquinho do seu smartphone, não está pedindo pra você abrir mão de sua vida. Não, ainda.

Momento Propaganda. rs [4]

Gente, olha só que blog maneiro!!

[http://fazendoanossafesta.com.br/]

Sem títuloNa época que montei o Chá de Lingerie da Tamira estava pesquisando algumas coisas e topei com esse site. Toda a parte de impressos (rótulos, embalagens, bandeirinhas) tirei do Fazendo a Nossa Festa. No site tem layouts com vários temas de festas para adultos, meninos, meninas, para ocasiões especiais… super bacana! E sabe o que é melhor? Totalmente de graça!

Aline Gasga -autora do blog- é professora e diz que sempre amou festas infantis e é por isso que nas horas vagas faz os kits e procura novos temas, tendências e ideias para as festinhas.

Na página sobre o blog, ela ainda define:

“Divido este blog com todas as pessoas que gostam não apenas de ir às festas, mas de participar de cada detalhe de sua criação!
Aqui no Fazendo a Nossa Festa você encontra todos os Kits de personagens, fundos e temas variados, fotos de festas das nossas leitoras, ideias criativas e lindas para festinhas infantis, de jovens e adultos e muito mais! (…)
Fazer a festa pode ser até mais divertido do que o grande dia. Pensar em cada detalhe, escolher a decoração, fazer as lembrancinhas, é uma diversão sem fim. Não se trata apenas de encontrar o fornecedor certo, mas de colocar mesmo a mão na massa, de pensar em algo e fazer acontecer, mesmo contando com a ajuda de profissionais. Também gosto da ideia de fazer festas “low cost”, pesquisando tudo na net, e fazendo muita coisa em casa. Por isso, vou compartilhar as ideias que já tive, nas festas que planejei, e outras de amigos e amigas, que fizeram o maior sucesso!
NOSSA ARTE É TOTALMENTE AMADORA, E NUNCA VAI SUBSTITUIR O TRABALHO DE UM DESIGNER PROFISSIONAL QUE FAZ TRABALHOS PERSONALIZADOS! SEMPRE VALORIZE O TRABALHO PROFISSIONAL!
Todas as nossas artes são gratuitas, sem fins lucrativos, e não comercializamos nem personalizamos nenhum produto! (…)
Boa festa!!!”

Depois que encontrei esse site, o recomendo a todos! Sempre passo por lá para conferir as novidades! Hehehe!

2014 / 2015

2014 foi um ano difícil, mas também foi um ano de bênçãos.

E glórias a Deus por nos fazer passar por atribulações, pois assim damos real valor às bençãos quando estas chegam.

 

2014 foi ano que lutamos loucamente para receber nosso apartamento. Imóvel que compramos, pagamos em dia, mas a MRV estava segurando para nos entregar as chaves. Em junho Deus disse “basta!” e nos entregou nosso lar, que estava comprado desde maio de 2010.

Em 2014 sofri perdas irreparáveis. Em agosto Yuri, um ex aluno, faleceu e em novembro, depois de muito lutar, minha tia Katia também se foi. Mas em dezembro, pouco depois do grande sacode que os Imenes levaram, Deus nos presenteou com a gestação de minha prima Jennifer (filha da tia Katia). Rebecca vem aí para dar mais cor de rosa à nossa família.

Em 2014 Deus nos orientou a mudar de Igreja. Ele não nos queria mais congregando longe de casa e colocou em nossos corações o desejo de encontrar uma “família espiritual” em Mambucaba. Depois de muito orar, falar e ouvir ao Senhor, estamos congregando na PIB em Mambucaba, aqui pertinho de onde Deus escolheu para morarmos.

Em 2014 fomos padrinhos de Casamento de Bianca & Alcidney , casal que foi morar logo ali em Boston (EUA). A saudade aperta, mas o conforto vem do Senhor, que os mandou para lá.

Em 2014 fizemos uma pequena reforma no ap que o Senhor nos deu. O pedreiro estragou o material mais caro da reforma, mas Deus providenciou o ressarcimento do prejuízo e, em 20 de dezembro, nos mudamos para o nosso tão esperado e amado lar.

Em 2014 Deus nos providenciou uma nova sobrinha: Emanuele, de Sabrina & Walter. A pequena Manu já chegou causando: Sabrina engravidou no susto, a gravidez era cercada de cuidados e Manu queria nascer bem cedo, aos 6 meses de gestação. Mas Deus, que é um Deus de amor e cuidado, guardou Manuzinha no forno até janeiro/2015.

Em 2014 fomos surpreendidos por Deus em cada detalhe de nossas vidas. Seja na dor da perda, na demora da entrega do que é seu por direito, seja na frustração de um plano… em qualquer coisa que nos acontece, Deus está olhando lá na frente e tomando conta de nós.

Hoje Deus faz. Amanhã você entende.