N♥sso♥ Am♥r é Lind♥

Ouvindo o rádio, me surpreendi acompanhando emocionada a música “Nosso Amor é Lindo” (do Voices) e passou um pequeno filme em minha cabeça…

Lembrei de nossos tempos de oração e de namoro quando eu sonhava, ainda um pouco insegura, com a hora do nosso SIM.
Lembrei dos tempos de SENAI quando te esperava ansiosamente na estação Maracanã para ver seu sorriso.
Lembrei dos sufocos para entrar no trem lotado só para irmos juntinhos até Campo Grande.
Lembrei do nosso primeiro Dia dos Namorados juntos que, na hora de ir embora, vc me disse “eu te amo” pela primeira vez e, quando o ônibus saiu, chorei de alegria.
Lembrei de uma certa quinta feira de janeiro de 2010 quando vc me ligou falando de um apartamento que sua irmã viu e, de forma meio confusa, me convenceu a entrar “no esquema”. E, no sábado, me levou para ver o tal ap e explicou que estava interessado em comprá-lo para morarmos. Foi um “quase pedido de Casamento”, mas foi o meu primeiro SIM para vc.

E agora estamos aqui: 1 ano, 6 meses e 24 dias depois do SIM mais importante de nossas vidas no nosso Grande Dia, o nosso 07 de julho, o primeiro dia do restante de nossas vidas.

Vc me surpreende e me conquista mais a cada dia. TE AMO mais do que naquele 17 de fevereiro de 2008, mais ainda do que em 17 de fevereiro de 2011 e muito mais do que em 07 de julho de 2012.

Leandro, agradeço a Deus por tua vida na minha. Sou muuuuuuiiito feliz ao teu lado. Não me canso de dizer: vc é o meu presente! Te direi SIM quantas vezes forem necessárias (e as que não forem também), pois vc é o melhor de Deus para mim.
Marido, receba essa canção como se fosse minha:

“Nosso amor é lindo.É lindo quando vejo você chegar
Com esse jeito de sorrir, de olhar, de falar
Nosso amor é lindo
É lindo quando você vem me dizer
Que haja o que houver
O amor tem poder pra vencer

Você é infinitamente mais,
Do que um dia eu pedi pra Deus.
Eu vou viver o resto dos meus dias, ao lado teu.
A nossa casa tem que ser,
Um pedacinho lá do céu.
Na alegria ou na dor eu serei fiel.

E mais uma vez eu digo ‘sim’
E mais uma vez me rendo a esse amor,
A esse olhar, a esse sorriso.
E mais uma vez eu digo ‘sim’
E mais uma vez eu nego a solidão,
De um coração que não tem abrigo.
Porque o nosso amor é lindo.
Porque nosso amor é tão lindo.
Nosso amor é tão lindo…”

NEOQSEAV ♥
Sua Vanessa.

Dica de Livro :: “Como fazer amor sem tirar a roupa”

Eu sei que o título do livro é meio de se estranhar, mas calma! Não me julgue antes de terminar de ler a dica. 😉

 

Em 2009, quando estava no SENAI, já tinha 1 ano de namoro com Leandro e estava meio sem criatividade sobre o que dar a ele no Dia dos Namorados, pois até completarmos 1 ano juntos trocávamos presentes todos os meses no dia 17 (haja presente!). Foi quando minha amiga Sabrina (que será nossa madrinha de casamento) me falou de um livro que a mãe dela tinha. “Tá doida, Sabi??!! Se meu pai me pega com um livro desse na mão ele me mata!”. “Calma, maninha!…” – respondeu Sabrina – “Vou trazer o livro amanhã e você vai ver”. Pois Sabrina trouxe o livro e logo no prefácio pude perceber o quão enganada estava.

 

Fazer amor não é “só” o relacionamento sexual de um casal. Atualmente o mundo confunde nossas cabeças dizendo que fazer sexo e fazer amor é a mesma coisa, mas não é!!

Um casal pode fazer amor todos os dias (e durante o dia inteiro) com troca de carinho, compreensão, afeto, bilhetinhos apaixonados… diferentemente de sexo, que não se faz todo o dia e muito menos o dia inteiro! rs 

 

No livro “Como fazer amor sem tirar a roupa – 101 maneiras de conquistar sua esposa”, David & Anne Frahm dão dicas para o marido surpreender diariamente sua esposa. Dicas extraordinárias que podem ser usadas por um namorado também. 

No livrinho “Como fazer amor sem tirar a roupa – 101 maneiras de conquistar seu marido”, o casal Frahm dá dicas de atitudes diárias que a esposa deve ter para com o marido. Atitudes, algumas, que uma namorada ou noiva pode ter para com seu amado.

 

Gostei tanto do livrinho que o li (todo!) no mesmo dia e anotei as dicas que poderia usar com meu namorado. Um dia encontrei os dois modelos para vender e “inocentemente” apresentei a versão masculina para Leandro, que o comprou na hora.

 

Fiquei muito feliz em saber que meu amor se dedica a mim de tal forma que ele já tinha feito muitas coisas que o livro sugestiona mesmo sem saber de sua existência e mais feliz ainda por ele ter se interessado ao ponto de querer continuar me surpreendendo ao longo dos anos. Também fiquei feliz em ver que muitas das coisas que estavam no livro destinado à esposa eu já tinha feito pra ele. E comprei o livro para, quando o tempo passar, eu poder “renovar” as idéias.

 

Recomendo o livro a todos os casais, pois, fazer amor é muito mais do que aquele ato em particular. Fazer amor são atitudes diárias de amor e carinho, sem segundas intenções. Algumas atitudes essas, que estão escritas no livro. Mas nada impede que você e seu amor criem seu próprio manual.

 

Boa leitura!