esperar, esperar…

“Quando fazemos um bolo, temos que esperar o tempo de assar. Se ficarmos abrindo a tampa do forno, vai desandar (ficará solado). Se soubermos esperar direitinho, no tempo certo, saborearemos um delicioso bolo! Tem que saber esperar.”

bolo

Vida de Adoração

O que seria uma vida de adoração? Quando se diz isso, as pessoas já imaginam um monte de gente dentro da Igreja todos os dias. Mas adorar a Deus é mais que isso. Beeeem mais.

Certa vez ouvi uma definição de adoração que achei maravilhosa: “adorar a Deus é fazê-Lo sorrir”. De vez em quando me pego pensando se tenho feito Deus sorrir com minhas atitudes. E não é só com atitudes dentro da Igreja ou no meio dos meus irmãos. É EM TODO O TEMPO.

Uma forma de adorar a Deus é dando bom testemunho no meio onde você vive, sabe? Desde as coisas mais simples (como devolver os centavos que vieram a mais no troco), às mais complexas (não levar aquela bike bonitona só porque ela está no bicicletário sem cadeado). Como cristãos, devemos sempre fazer as coisas certas -mesmo que mais ninguém as faça- e não fazer coisas erradas -mesmo que todo mundo faça.

Sim, é chatinho e não é fácil ser o certinho o tempo todo. Mas é a forma que Deus quer que vivamos nossas vidas: dando o exemplo.

Esses dias, conversando com Leandro, falamos sobre o comportamento de alguns alunos meus. Os adolescentes, de modo geral, não largam seus smartphones de jeito nenhum, nem durante as aulas. O professor está explicando o conteúdo e eles continuam com seus fones nos ouvidos prestando atenção em seus aparelhos. Se você é cristão e faz isso, além de falta de respeito com o profissional que está à sua frente, é mau exemplo para os ímpios que te cercam. Como cristãos, precisamos abrir mão de nossos smartphones não só durante os cultos mas também no decorrer das aulas no Colégio.

O bom testemunho é dado nos pequenos detalhes de nossa vida diária. O amigo não crente observa e percebe que VOCÊ age de forma diferente, até que ele percebe que essa diferença é a vida de adoração que você realmente vive.

Metaforicamente: você e o relacionamento com seu celular têm dado um bom testemunho de vida? O Senhor Jesus só está pedindo que você abra mão um pouquinho do seu smartphone, não está pedindo pra você abrir mão de sua vida. Não, ainda.

Deus de Surpresas

Deus é maravilhoso, surpreendente!

Em julho, minha amigas de infância e eu combinamos de comer uma pizza juntas neste final de semana (02 de agosto). Mas, na quarta feira, para a minha surpresa, uma delas entrou em contato desmarcando o encontro. As outras murcharam e resolvemos então adiar a pizza. Na hora fiquei virada no samurai: “Como assim?! Depois de mais de 2 anos sem a gente se encontrar todas juntas ela desmarca em cima da hora?!” – pensei chateadíssima. Mas, após a raiva passar, pensei melhor, ajudei a remarcar o encontro e tive um outra ideia para o final de semana. Resolvi com Leandro que iríamos passear em Penedo.

Mas Deus sempre nos surpreende. Havia em encontro de motoqueiros em Penedo e a cidade estava lotada. Não havia lugar para a gente se hospedar. Mais uma vez me chateei e mais uma vez Deus nos surpreendeu. Resolvemos ir para Visconde de Mauá e nos hospedar na Pousada Recanto do Pinheirão. Tudo acertado e, antes do Leandro fazer a transferência para reservar o quarto, descobrimos que o quarto que queríamos havia acabado de ser reservado por outra pessoa. “O que não tem remédio remediado está! Vamos ficar com o último quarto da pousada, então.”

Como disse, Deus sempre nos surpreende. Chegando a Visconde de Mauá fomos apresentados aos nossos aposentos. Que quarto lindo!! O quarto mais lindo, encantador e acolhedor que já ficamos hospedados. Tinha lareira, banheira, água quentinha, sauna, deck, rede na varanda, cama fofinha, café da manhã delicioso… Que final de semana maravilhoso! Foram os 2 dias mais tranquilos e gostosos que já passamos fora de casa.

Voltamos para casa e ontem, antes de dormir, planejei em minha mente o dia de hoje. Coisas simples: vou acordar às 6h45min; prepararei o café da manhã para mim e meu marido lindo; colocarei roupas para lavar; irei ao curso de Inglês; quando voltar, colocarei as roupas no varal; farei nosso almoço…

Mas Deus sempre nos surpreende. Hoje, quando amanheceu, o tempo fechado nem de longe lembrava o sol lindo que estava ontem. Me aborreci. Como lavaria todas as roupas do fim de semana?! Fiquei chateada.

Mas, como já disse anteriormente, Deus sempre nos surpreende. Além de não ter chovido e eu ter conseguido lavar as roupas e deixá-las pegando um ventinho para depois estendê-las dentro de casa mesmo, fiquei pensando no versículo “Do homem são as preparações do coração, mas do SENHOR a resposta da língua.” (Provérbios 16:1)

Já pensou se tivesse encontrado minhas amigas para a pizza? Com certeza seria uma noite agradável, mas não era o que Deus havia reservado para mim e Leandro. Precisávamos daquele final de semana de folga, precisávamos da tranquilidade de Visconde de Mauá e não do encontro do motoqueiros de Penedo. E se tivéssemos ficado com o primeiro quarto aproveitaríamos o lugar, mas Deus havia reservado, literalmente, o melhor quarto da pousada para nós. Aprendi que tenho que aproveitar as surpresas que Deus nos faz em vez de, de cara, ficar chateada. Tenho que aprender a largar o controle nas mãos dEle e deixá-lo governar minha vida, pois Ele sempre tem o melhor para mim e minha família.

Quando você pensa que tem tudo sob controle, Ele vem e te mostra quem é o Dono de tudo, inclusive do desfecho de nossos planos (por mais simples que eles sejam). Deixe Deus te fazer uma surpresa. Ainda hoje!!

17 de fevereiro

Este é um dia especial para nós desde 2008

Quando nos conhecemos, em 25 de agosto de 2007, de cara, antes mesmo de sermos apresentados, eu disse “É ele!! É com ele que vou casar!”. Riram de mim, não acreditando em minha tão espontânea fé. Mas eu acreditei. Deus acreditou. E foi Deus quem nos uniu.
Começamos a orar e, passado o prazo dos 12 encontros e 1/2 (sim, 1/2 encontro!! rs), Deus nos honrou e respondeu confirmando que nosso amor é de Sua vontade.
17 de fevereiro de 2008 foi o dia do 1/2 encontro que faltava para fechar nosso período de oração e esse dia aconteceu cheio de expectativas de nossa parte e de nossos familiares.
Depois de um almoço em família, no intervalo de um Flamengo x Botafogo, quando já estava na hora de nos despedirmos, Leandro pediu a palavra e começou a dizer o que tanto esperei ouvir. Em tom quase que solene me perguntou se eu queria ser sua namorada. Minha vontade era dizer “claro que quero!”, pular ou fazer qualquer coisa mais efusiva do que o “quero” tímido que respondi mas, incrivelmente, naquele momento tão especial me faltou o ar e, com ele, as palavras. Ele perguntou aos meus pais se permitiam e abençoavam nosso namoro e, tanto meus pais quanto os dele, responderam que sim. Oramos entregando a Deus nosso namoro pela primeira vez. E também foi nesse momento que ele me chamou de “namorada” pela primeira vez.
E chegou a hora da primeira despedida dos novos namorados. Enquanto seu pai foi manobrar o carro, nos despedíamos no portão. Foi aí que ele me deu um beijo na testa, depois respeitosamente beijou meus lábios e declarou: “Esse é o primeiro dos muitos beijos que vou te dar.” E há 6 lindos anos ele cumpre fielmente essa promessa. ♥

São 6 anos de namoro, companheirismo, amizade, alegria, felicidade, cumplicidade, fidelidade… de amor! Faz 6 anos que sou uma pessoa mais feliz, mais tranquila, mais amada. Esses tem sido os 6 anos mais plenos de minha vida. E a culpa, se assim posso dizer, é tua, LEANDRO SANTOS NOGUEIRA.
Obrigada por tudo o que vc é para mim!

Esses são nossos primeiros 6 anos de namoro e, como já disse outras vezes, daqui para mais de 6, 12, 18 (…) décadas quero ver todos os dias aquele sorriso lindo, que tanto me chamou atenção e me conquistou. Quero que ele seja a última que verei antes de dormir e a primeira coisa que verei ao acordar. Para sempre. ♥

NEOQSEAV.
Sua esposa, sua eterna namorada
Vanessa Vasconcellos Imenes de Oliveira Nogueira

 

N♥sso♥ Am♥r é Lind♥

Ouvindo o rádio, me surpreendi acompanhando emocionada a música “Nosso Amor é Lindo” (do Voices) e passou um pequeno filme em minha cabeça…

Lembrei de nossos tempos de oração e de namoro quando eu sonhava, ainda um pouco insegura, com a hora do nosso SIM.
Lembrei dos tempos de SENAI quando te esperava ansiosamente na estação Maracanã para ver seu sorriso.
Lembrei dos sufocos para entrar no trem lotado só para irmos juntinhos até Campo Grande.
Lembrei do nosso primeiro Dia dos Namorados juntos que, na hora de ir embora, vc me disse “eu te amo” pela primeira vez e, quando o ônibus saiu, chorei de alegria.
Lembrei de uma certa quinta feira de janeiro de 2010 quando vc me ligou falando de um apartamento que sua irmã viu e, de forma meio confusa, me convenceu a entrar “no esquema”. E, no sábado, me levou para ver o tal ap e explicou que estava interessado em comprá-lo para morarmos. Foi um “quase pedido de Casamento”, mas foi o meu primeiro SIM para vc.

E agora estamos aqui: 1 ano, 6 meses e 24 dias depois do SIM mais importante de nossas vidas no nosso Grande Dia, o nosso 07 de julho, o primeiro dia do restante de nossas vidas.

Vc me surpreende e me conquista mais a cada dia. TE AMO mais do que naquele 17 de fevereiro de 2008, mais ainda do que em 17 de fevereiro de 2011 e muito mais do que em 07 de julho de 2012.

Leandro, agradeço a Deus por tua vida na minha. Sou muuuuuuiiito feliz ao teu lado. Não me canso de dizer: vc é o meu presente! Te direi SIM quantas vezes forem necessárias (e as que não forem também), pois vc é o melhor de Deus para mim.
Marido, receba essa canção como se fosse minha:

“Nosso amor é lindo.É lindo quando vejo você chegar
Com esse jeito de sorrir, de olhar, de falar
Nosso amor é lindo
É lindo quando você vem me dizer
Que haja o que houver
O amor tem poder pra vencer

Você é infinitamente mais,
Do que um dia eu pedi pra Deus.
Eu vou viver o resto dos meus dias, ao lado teu.
A nossa casa tem que ser,
Um pedacinho lá do céu.
Na alegria ou na dor eu serei fiel.

E mais uma vez eu digo ‘sim’
E mais uma vez me rendo a esse amor,
A esse olhar, a esse sorriso.
E mais uma vez eu digo ‘sim’
E mais uma vez eu nego a solidão,
De um coração que não tem abrigo.
Porque o nosso amor é lindo.
Porque nosso amor é tão lindo.
Nosso amor é tão lindo…”

NEOQSEAV ♥
Sua Vanessa.

Momento Propaganda. rs [2]

Passeando pelo Facebook, encontrei uma página bacaninha que leva a outra e a outra… até que cheguei nesse blog aqui:

É um blog com dicas de decoração, comportamento, culinária, dicas para relacionamentos e um monte de coisas para mulheres casadas (algumas dicas servem para solteiras também). Achei interessante e útil, por isso resolvi compartilhar.

Faça uma visita! 😉 http://www.coisadecasada.com/

Intimidade

Intimidade não requer tempo, disponibilidade em agenda. Para ter intimidade é preciso disposição para conversar, abrir o coração, estar junto. Não precisa ser o dia todo, mas é necessário ao menos um pouquinho todo dia. Isso vale para as amizades e, especialmente, para o relacionamento com Deus. 😉

Simples assim!

Às vezes estudamos tanto, aprendemos tantas teorias, que complicamos as coisas. Perdemos a sua simplicidade, a sua essência.

A professora perde o “tato” com seus aluninhos, e fica engessada em nome da didática.

Os pais perdem o domínio sobre os filhos por causa de certas psicologias.

A humanidade perde o contato, a afeição pelo próximo, por questões de segurança.

O adulto perde a alegria de viver, o brilho no olhar, por causa das convenções, porque rir à toa é coisa de criança.

O homem perde a sensibilidade porque chorar é sinal de fraqueza.

A mulher deixa de ser verdadeiramente mãe porque é importante trabalhar fora.

Não se brinca por ser perda de tempo.

O chefe deixa de ser legal para ser profissional.

O cristão perde a essência da adoração por causa de religiosidade, de doutrinas.

 

Que Deus nos auxilie a crescer a cada dia não deixando de lado o que realmente importa, o que é essencial. Como nossa família, nossos amigos, o amor e carinho pelo próximo, e especialmente o nosso contato real e diário com Ele.

 

thanks, God! :)

Hoje, feriado de Corpus Christi, fiquei pensando em muitas coisa boas que Deus fez por mim e por outras pessoas à minha volta. Inclusive, pensei no sacrifício de Cristo na cruz, sacrifício através do qual tenho a vida eterna. Aí comecei a pensar em bençãos que Deus me concedeu especificamente: meu marido lindo, minha família, meus amigos, nosso ap que ainda não está pronto, a casa que alugamos no Rio, o flat que moramos em Mambucaba, nossos bens, meu emprego (sim, reclamo que não sou bem paga mas agradeço a Deus por ele, pois eu sei que foi Deus quem me deu), entre outras…