Comercial “Oral B Complete”

Na quinta feira Leandro chegou em casa comentando sobre o comercial que um colega de trabalho dele assistiu e que o cara estava há dias falando do tal vídeo. Ele acessou o youtube e me chamou para assistir. Caraca!! É tudo de bom!

Super recomendo o vídeo da Oral B Complete com Rodrigo Faro.

O comercial é tão bacana que tenho indicado e/ou mostrado para todo mundo. De sexta pra sábado, cheguei a sonhar com a propaganda. É hilário! Muuuuiito bem feito.

Clique no link e assista!!

Pesadelo de madrinha da noiva

Esse negócio de pesadelo ‘tá rendendo!!

Hoje pela manhã, online no Facebook, minha amiga e madrinha de casamento Andrielle me chamou no bate papo para contar que também pesadelou com o meu Grande Dia. Ai, meu Deus! Se essa moda pega!… 😀 Abaixo, segue o relato aflito de minha amiga:


“Sonhei que a festa do seu casamento era lá no centro do RJ num prédio feio por fora e por dentro era mais ou menos (era luxuoso, mas muuuuuito antigo e com pouca conservação), tinha muitas colunas e não dava pra ver direito a cerimônia.

Seu pai não queria entrar com vc na Igreja, mas acabou entrando depois de muuuita insistência.

Bom, no final do sonho eu pensei: ‘Noooossa! A Vanessa deve estar muito brava!’. Mas pelo menos o sapato era o seu. kkkkkkkkkkkkkk

Caramba! Acordei desesperada! Parece que eu que vou casar.”


Isso que é amiga!! Na alegria, na tristeza; na saúde e na doença; nos sonhos e nos pesadelos… Huahuahauha!! Valeu, Dri! Vamos continuar compartilhando muitas coisinhas durante nossas vidas. Se bem que, gosto mais quando essas coisinhas são boas… rs

Faltam 82 dias! ♥

Meu 4º pesadelo de noiva

Semana passada (de quinta para sexta) pesadelei mais uma vez com o nosso Grande Dia. Tô cansada disso, já!!! rs

Dessa vez eu estava com um vestido de noiva muito bonito até, mas não era nem de perto o vestido que sonhei por 10 meses e aluguei na Top Fashion. Era algo mais ou menos como esse abaixo, com as alças tipo de camiseta. Nada a ver comigo, mas até aí tudo “bem”. rs

Eu tinha passado o meu dia de noiva no Sítio onde será a nossa festa (hã?? rs) e, mais uma vez, ninguém tinha feito meu penteado, eu estava de cabelos soltos apenas. Como no outro pesadelo, eu chorava feito louca, enfiava o véu e a coroa na cabeça e ficava esperando papai chegar para me levar para a Igreja.

Depois de mais de 1h de atraso, aparecia meu pai dizendo: “Esse teu buquê roxo me deu muito trabalho! Quando fui buscar, as flores estavam todas murchas e eu mesmo dei um jeito nele. Dá pra usar!” E eu soloçava: “Meu buquê roxo lindo!…” Papai falava para eu entrar no carro, que já estava tudo mais do que atrasado e que eu teria que casar com o buquê improvisado mesmo.

Eu achava linda a atitude do meu pai, que se sacrificou por mim, que deu um jeito para eu ter meu buquê roxo, e eu ficava encantada olhando pra ele enquanto pensava. Foi aí que me dei conta: “Pai, que blusa é essa?!” – o encanto havia acabado. Meu pai estava vestindo uma blusa azul listrada com azul marinho e uma gravata super esquisita por baixo do smokking que alugamos para ele. “Eu não gostei daquela blusa que veio com o terno, não. Vesti essa minha mesmo e gostei mais. Vambora!”. Aí que eu soluçava ainda mais.

Eu dizia que não iria enquanto ele não trocasse aquela blusa horrorosa e ia andando e chorando pelo gramado do Sítio, pisando nas pedras que faziam o caminho até o salão de festas. Então eu me tocava, levantava a barra do vestido e olhava para meus pés: “Pelo menos é o meu sapato de noiva lindo!…” – pensava.

Acordei com o peito doendo de tanto que chorei de madrugada. Foi sinistro!

No sábado passado, mamãe e eu fomos com papai alugar o smokking dele e reservar os dos padrinhos. Fiz questão de contar o sonho pra ele e dizer que ele nem pode se atrever de pensar em trocar a camisa. rs

Aliás, observei bem atentamente se existe a possibilidade de trocar as gravatas dos padrinhos para rosa e a atendente me garantiu que isso é impossível. Ufa!

Agora sim posso dormir tranquilamente nesses 93 dias de solteira que me restam.

Será?! 😉 rs